Curriculo de Leonardo da Vinci ! Obra de Arte.

Por : Aguinaldo Neri Publicado em 25 de julho de 2015 Todos

Leonardo da VinciCurriculo

A força prateada no trabalho – Empregabilidade na Maturidade – Curriculum Vitae.
Leonardo da Vinci – procurando trabalho.
Aproveitarei a oportunidade de falar sobre este gênio a partir do texto de Giovanni Pedone Lauriel, publicado em Lavoro News, em agosto do ano passado.
Manterei o texto original, em italiano e escreverei minhas observações para manter a “aura” renascentista do assunto.

Il curriculum di Leonardo da Vinci
12 AGO 2014 di GIOVANNI PEDONE LAURIEL – LAVORO, NEWS

Il primo curriculum moderno
O primeiro curriculum moderno pode ter sido escrito há pouco mais de quinhentos anos, por Leonardo da Vinci. No ano de 1482 Leonardo tinha trinta anos. Havia completado sua formação na “bottega del Verrochio” e havia superado o seu mestre no que dizia respeito à bravura.Trabalha em Florença, na “cerchia di Lorenzo o Magnífico”onde iniciou as pinturas dos seus grandes trabalhos.Mas…o ambiente daquela cidade da Toscana ( Florença) era, para ele, restrito de alguma maneira. Leonardo da Vinci procurando novos desafios profissionais !!!!! Fico impressionado e espero que esta novidade sobre a genialidade de da Vinci estimule mais pessoas a fazer o mesmo. É o caso dos leitores da Senioridade.
Este texto pode ser considerado como um modelo ótimo para se escrever currículo, inclusive nos dias de hoje. Desde a primeira frase, Leonardo mostra como poderia ajudar o empregador a conseguir seus objetivos, com seus conhecimentos e arte. Fazer pontes para invadir castelos, armas letais , artefatos para proteger navios e pessoas, dentre outras “artes” para a guerra.
Conhecendo o empregador – Leonardo escreveu o Curriculum pensando nas necessidades do eventual futuro empregador. Lodovico queria ganhar guerras. Leonardo apresentou suas credenciais para ajuda-lo a fazer isso. Não era arte que o futuro empregador queria. Leonardo era pacifista mas colocou a sua arte a serviço da guerra para poder chegar a um ambiente mais propício à sua atividade.
Oferecendo resultados . Leonardo descrevia e apontava os ganhos de cada uma de suas “artes” para os objetivos bélicos do empregador. Não deixava dúvidas sobre isso.
Garantindo resultados – ofereceu, também, um período de demonstração para que o empregador tivesse certeza da competência de Leonardo.
Ao final e como um golpe de Mestre ( que realmente era) sugeriu que também poderia erguer uma estátua de um grande cavalo de bronze, dedicada à imortalidade da família do empregador.
Esta “carta de emprego” de Leonardo se encontra na Biblioteca Ambrosiana de Milão.
Vejamos o texto, numa mistura de italiano e latin :
La lettera di Leonardo da Vinci a Ludovico il Moro
Avendo, Signor mio Illustrissimo, visto et considerato oramai ad sufficienzia le prove di tutti quelli che si reputono maestri et compositori de instrumenti bellici, et che le invenzione e operazione di dicti instrumenti non sono niente alieni dal comune uso, mi exforzerò, non derogando a nessuno altro, farmi intender da V. Excellentia, aprendo a quella li secreti mei, et appresso offerendoli ad omni suo piacimento in tempi opportuni, operare cum effecto circa tutte quelle cose che sub brevità in parte saranno qui di sotto notate:
1. Ho modi de ponti leggerissimi et forti, et atti ad portare facilissimamente, et cum quelli seguire, et alcuna volta fuggire li inimici, et altri securi et inoffensibili da foco et battaglia, facili et commodi da levare et ponere. Et modi de arder et disfare quelli de l’inimico.
2. So in la obsidione de una terra toglier via l’acqua de’ fossi, et fare infiniti ponti, gatti et scale et altri instrumenti pertinenti ad dicta expedizione.
3. Item, se per altezza de argine, o per fortezza di loco et di sito, non si potesse in la obsidione de una terra usare l’officio de le bombarde, ho modi di ruinare omni rocca o altra fortezza, se già non fusse fondata in su el saxo.
4. Ho ancora modi de bombarde commodissime et facile ad portare, et cum quelle buttare minuti (saxi a similitudine) di tempesta; et cum el fumo di quella dando grande spavento all’inimico, cum grave suo danno et confusione.
5. Et quando accadesse essere in mare, ho modi de molti instrumenti actissimi da offender et defender, et navili che faranno resistenzia al trarre de omni g[r]ossissima bombarda et polver & fumi.
6. Item, ho modi, per cave et vie secrete et distorte, facte senza alcuno strepito, per venire (ad uno certo) et disegnato[loco], ancora che bisognasse passare sotto fossi o alcuno fiume.
7. Item, farò carri coperti, securi et inoffensibili, e quali intrando intra li inimica cum sue artiglierie, non è sì gran de multitudine di gente d’arme che non rompessino. Et dietro a questi poteranno seg[ui]re fanterie assai, illesi e senza alcuno impedimento.
8. Item, occurrendo di bisogno, farò bombarde, mortari et passavolanti di bellissime et utile forme, fora del comune uso.
9. Dove mancassi la operazione de le bombarde, componerò briccole, mangani, trabucchi et altri instrumenti di mirabile efficacia, et fora del usato; et insomma, secondo la varietà de’ casi, componerò varie et infinite cose da offender et di[fendere].
10. In tempo di pace credo satisfare benissimo ad paragone de omni altro in architectura, in composizione di edificii et pubblici et privati, et in conducer acqua da uno loco ad uno altro. Item, conducerò in sculptura di marmore, di bronzo et di terra, similiter in pictura, ciò che si possa fare ad paragone de onni altro, et sia chi vole. Ancora si poterà dare opera al cavallo di bronzo, che sarà gloria immortale et eterno onore de la felice memoria del Signor vostro patre et de la inclita casa Sforzesca. Et se alcuna de le sopra dicte cose a alcuno paressino impossibile e infactibile, me offero paratissimo ad farne experimento in el parco vostro, o in qual loco piacerà a Vostr’Excellenzia, ad la quale humilmente quanto più posso me recomando1.
Vejam que só no final o Leonardo fala de suas competências na área de arquitetura, ciência e artes.
Como mais uma curiosidade, Leonardo pediu que uma outra pessoa escrevesse esta carta por se considerar como “homem sem letras” !!!!!!
Quem sabei este foi o primeiro Orientador de Carreiras , Coach e Consultor de Recursos Humanos de Florença?

%d blogueiros gostam disto: