ExgovernadoresContribuinte comum

Qualidade da Aposentadoria – índice brasileiro em baixa.

Brasil cai no ranking mundial de qualidade de aposentadoriaExgovernadoresContribuinte comum
País recuou vinte posições entre 2013 e 2014, em função do PIB fraco, inflação e condições de saúde
Brasília – O Brasil caiu para a 61ª colocação na lista dos melhores países para se aposentar, mostrou o Índice Global de Aposentadoria do banco francês Natixis. (http://ngam.natixis.com/global/fr/1250207462792/Retraite+indice)

Atrás de países como Estados Unidos (19º), Japão (27º) e Espanha (29º), o Brasil recuou vinte posições no ranking, entre 2013 e 2014, prejudicado pela desaceleração do seu Produto Interno Bruto (PIB), aumento da inflação e piora nas condições de saúde.

Segundo a pesquisa, o crescimento econômico nos últimos anos não se traduziu em avanço no sistema de aposentadoria. “Ainda que tenha havido melhorias no subíndice de qualidade de vida, em que o Brasil agora está no top 20, o cenário geral é medíocre”, aponta a pesquisa.

Qualidade de vida

A avaliação leva em consideração fatores fundamentais que propiciam boa qualidade de vida à população da terceira idade, como acesso à saúde, renda, situação financeira do País, além de bem-estar, segurança e níveis de poluição do meio ambiente. No total, o ranking conta com 150 países.

Nas primeiras colocações estão economias desenvolvidas, que dispõem de um avançado setor de serviços e moderna infraestrutura, sem contar os elevados níveis de renda per capita e a menor desigualdade social.

Nas últimas posições, por outro lado, estão presentes os países da África Subsaariana, que carecem de projetos na área de infraestrutura e programas de assistência médica.

Com uma das menores rendas per capita do mundo, a região apresenta amplas barreiras que inviabilizam o desenvolvimento econômico, como dívidas grandes e altos níveis de inflação.

Os melhores países são: Suíça, Noruega, Áustria, Suécia, Austrália, Dinamarca, Alemanha, Finlândia . Os piores são: Zimbábue, Comores, Níger, Burundi, Togo, República Democrática do Congo, Lesoto, Mali, Guiné e Chade.

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *